sábado, 7 de setembro de 2013

Estou de luto!



Informo a todos que estive próximo da morte, mas Deus é fiel e zeloso para com seu filho! Em breves palavras vou descrever a ação policial para evitar as más conversações e as distorções dos fatos, não para satisfazer a opinião pública, mas porque sou um profissional de segurança pública.
 
Rio Casca (05/09) – A equipe policial estava no bairro Bela Vista em atividade de polícia ostensiva - radiopatrulhamento - quando visualizou J. C. dos R. conhecido popularmente por “ninja” em via publica, segurando uma arma branca em uma das mãos.

O local dos fatos é conhecido no meio policial por frequentar usuários de drogas, sendo feito até apreensões naquela localidade.

A guarnição militar ao aproximar-se do cidadão em fundada suspeita, determinando que colocasse as mãos sobre a viatura policial, fim ser submetido à busca pessoal, contudo, não sendo acatada a ordem emanada.

O cidadão abriu o canivete que portava e, de arma em punho, avançou contra este militar, gritando que era o “RAMBO” e não iria colocar as mãos na viatura. Imediatamente verbalizei, na tentativa de acalmá-lo e desarmá-lo, porém, não aceitou qualquer tipo de diálogo e insistia nas ameaças contra a minha integridade física e do meu companheiro de serviço, proferindo as seguintes palavras “Vou furar vocês todos! Vou matar vocês!”.

O cidadão investiu contra este militar com a arma em punho e na posição de ataque, tendo recuado, passo a passo, na medida em que o cidadão caminhava na minha direção. Em ato contínuo, o cidadão aproximou-se de forma abrupta, e não tendo mais como recuar, saquei a arma de fogo que portava e efetuei um disparo na direção do cidadão, vindo atingi-lo na região do tórax.

O cidadão ainda caminhou, segurando a arma branca na mão, para o acostamento da via e caiu ao solo, sendo desarmado por mim e de imediato socorrido na própria viatura policial para o Hospital Nossa Senhora da Conceição em Rio Casca, vindo a entrar em óbito quando do atendimento medico.

O local do crime foi devidamente preservado e periciado pelo perito que recolheu o estojo da munição utilizada.

Diante da situação apresentada, eu, Sgt Damasceno fui encaminhado na presença do Senhor Comandante da 21ª Cia PM Ind, que determinou a lavratura do Auto de Prisão em Flagrante Delito pelo crime de homicídio consumado, que após lavratura do ato, Excelentíssimo Doutor Juiz de Direito Substituto do Juízo Militar André de Mourão Motta com plantão forense na cidade de Belo Horizonte expediu alvará de soltura para concessão de liberdade provisória.

Número do Reds: 2013-018342310-001

Número do BO: M1357-2013-0007940

quarta-feira, 17 de abril de 2013

Adolescente de 14 anos apreendido com drogas







Rio Casca (15) – A equipe do turno de serviço da Polícia Militar realizava o policiamento pela Avenida Vereador José de Souza Cunha no bairro Céu Azul quando desconfiaram da conduta de um adolescente de 14 anos de idade e ao proceder uma busca pessoal foi encontrando nas mãos e no bolso da blusa, quinze pedras de crack, três buchas de maconha, uma porção de cocaína e outros quatro tabletes de maconha.

O menor de idade estaria morando na cidade de Rio Casca há apenas 03 (três) meses, sendo oriundo do município de Contagem, tendo ele alegado aos policiais militares que iria vender a substância entorpecente.

O adolescente foi apreendido pelo ato infracional, sendo encaminhado à Delegacia de plantão da Polícia Civil de Ponte Nova.

terça-feira, 12 de março de 2013

Polícia Militar e Civil realizam operação conjunta




Rio Casca (12) - Uma operação conjunta da Polícia Militar e Polícia Civil resultaram na apreensão de drogas (maconha) e na prisão de duas pessoas.

Durante vários dias policiais civis da Delegacia de Rio Casca e militares do serviço de inteligência da Polícia Militar monitoraram os suspeitos e durante cumprimento de mandados de busca e apreensão no interior das residências foi apreendida uma barra e seis buchas de maconha, devidamente embaladas prontas para a venda, além de dinheiro proveniente do tráfico.

Na operação foram presas duas pessoas, moradores do Bairro Bela Vista que foram conduzidos ao quartel da Polícia Militar para confecção da ocorrência e em seguida para a Delegacia de Polícia Civil, sendo autuados em flagrante pelo crime de tráfico de droga.

O Tenente Gustavo, Comandante da 118ª Companhia PM ressaltou a importância da integração das Polícias Militar e Civil, cuja parceria e somatória de esforços contribuem decisivamente para o êxito das operações de combate ao tráfico de drogas e quem sai ganhando é a comunidade que passa a contar com uma polícia mais atuante e eficiente.

quinta-feira, 28 de fevereiro de 2013

Droga e balança precisão apreendida



Rio Casca (26) – O serviço de inteligência da Polícia Militar recebeu informações de que estaria ocorrendo tráfico de drogas na Rua Doutor Celso Moreira Leite, no Bairro Cruzeiro e que o tráfico estaria sendo feito por uma família, já com passagens policiais pelo mesmo crime.

Considerando que são moradores do local, conhecendo todas as rotas de fuga, principalmente em virtude da localização do Bairro Cruzeiro, que por terem visão privilegiada, conseguindo de longe perceberem a aproximação das viaturas da Polícia Militar, foi montada pelos Tenentes Gustavo e Gonzaga, Comandantes respectivamente da 118ª Companhia e do 1º Pelotão, de maneira que os policiais militares se posicionaram estrategicamente, realizando a abordagem em várias ruas adjacentes ao local simultaneamente, não propiciando possibilidades de fuga aos infratores, embora ao perceberem a chegada dos policiais militares tentaram empreender fuga.

No local, foram encontradas escondidas 37 pedras de crack, que tinham sido “doladas” pelos autores momentos antes da chegada dos militares, bem como 01 (um) tablete de maconha, 01 balança de precisão e a quantia de R$ 231,00 em dinheiro.

Na ação policial, 04 adultos e 02 adolescentes foram detidos, sendo que receberam voz de prisão pelo crime de associação e tráfico de drogas, A. O. M. 38 anos de idade, o filho dela J. L. O. M. C. de 18 anos, T. S. G. 21anos e W. F. DA P. de 23 anos.

O Tenente Gustavo, Comandante da 118ª Companhia PM Rio Casca destacou a importância da denúncia anônima, enfatizando que o apoio da Comunidade às ações da Polícia Militar resulta em benefício da própria comunidade, que terá uma polícia eficiente e voltada a segurança e melhoria da qualidade de vida dessas comunidades.

quarta-feira, 28 de novembro de 2012

Explosão de caixa eletrônico em Rio Casca

Rio Casca (28) – No período da madrugada, integrantes da Polícia Militar compareceu à Rua José Piuzana, bairro Nossa Senhora das Graças e constatou que aproximadamente 07 (sete) indivíduos explodiram um caixa eletrônico do BANCO BRADESCO, evadindo em seguida em dois veículos sendo um MONZA CINZA e um GOL CINZA, sentido BR 262. Toda a ação da quadrilha foi gravada pelo sistema de vigilância da área bancária. A Polícia Civil e Militar estão empenhadas realizando diligências para elucidação do crime e prisão dos infratores.

sábado, 24 de novembro de 2012

Apreensão de 400 gramas de maconha

Rio Casca (23) – A Polícia Militar levantou informações de que R. J. de S. vulgo “Robinho”, 22 anos de idade seria uma das novas lideranças do tráfico de drogas no Bairro Bela Vista. Ainda segundo informações obtidas, “Robinho” seria indivíduo de alta periculosidade que estaria planejando na companhia de comparsas a execução de desafetos dele, “rivais” no tráfico, a fim de tomar as “bocas de fumo” dos becos e vielas do Bairro Bela.

Robinho” também atuaria na Cidade de Belo Horizonte/MG, sendo que nos últimos meses teria roubado naquela cidade 03 (três) veículos e 01 (uma) moto, trazendo-os para Rio Casca, veículos estes que foram recuperados pela PM de Rio Casca e encaminhados à Delegacia de Polícia Civil da Cidade para serem restituídos as seus proprietários na Cidade de Belo Horizonte.

De posse das informações levantadas pelos militares do Serviço de Inteligência, nesta tarde, o Sargento Roberson, Comandante do 1º Pelotão PM da 118ª Companhia PM planejou uma operação para tentar surpreender “Robinho”, sendo as equipes de policiais militares estrategicamente divididas pelos becos e vielas nas proximidades dos locais frequentados por “Robinho”, haja vista que do alto do morro tinha visão privilegiada, conseguindo visualizar quando as equipes dos militares começavam a incursão nas escadarias, tendo entretanto nesta operação não obtido êxito, sendo detido quando tentava empreender fuga escalando um barranco no local em meio a um matagal.

Robinho” estavam acompanhado de dois menores de idade de 16 e 17 anos e no barracão em que ocupavam foi localizado e apreendido um tablete de maconha pesando aproximadamente 400 gramas, sendo também apreendidos no local materiais diversos trocados por usuários para aquisição de entorpecentes. A prisão de “Robinho” foi comemorada pela comunidade do Bairro Bela Vista que já estava temerosa por suas ações.

O Sargento Roberson destacou que operações de incursões nas escadarias e becos do Bairro Bela Vista serão realizadas rotineiramente a fim de combater incansavelmente o tráfico de drogas naquele local, garantindo segurança e tranquilidade aos moradores de bem daquela comunidade que são maioria.